Formação Contínua

Os membros do DQB têm organizado diversas ações de formação contínua dirigidas especialmente a Professores do Ensino Básico e Secundário. Entre as ofertas destacam-se os Cursos de Especialização, os Cursos de Formação de Professores, e os Cursos à Medida.

Cursos de especialização

Métodos Avançados e Acreditação em Análise Química

Formação de profissionais com competências especializadas para a acreditação e garantia de qualidade de laboratórios de análise química, em particular daqueles que utilizam técnicas instrumentais de análise. Inclui um treino técnico e científico em técnicas de análise avançada com incidência nas técnicas mais utilizadas em laboratórios e empresas nacionais e internacionais.

Saber mais


Bioinformática e Biologia Computacional

O objetivo deste curso é formar técnicos altamente qualificados na área da bioinformática e biologia computacional, quer de um ponto de vista teórico como de um ponto de vista prático. O curso é especialmente desenhado para ajudar os estudantes interessados em desenvolver as suas carreiras nas novas abordagens às ciências da vida, nomeadamente, biologia e clínica médica, a usar, e eventualmente criar, algoritmos e programas computacionais, e bases de dados para resolver problemas biológicos relacionados com proteínas, genes, genomas e respetivas interações. Estes conhecimentos podem posteriormente ser aplicados a problemas concretos, como a síntese seletiva de proteínas de valor industrial, ou desenvolvimento de novos marcadores moleculares para diagnóstico de doenças. Graduados em Bioinformática e Biologia Computacional desenvolvem excelentes e atrativas competências para o emprego na indústria, e investigação em ciências da vida.

Saber mais


Formação de Professores

Nanomateriais num Mundo de Inovação: Produção, Caracterização e Aplicações Tecnológicas

Os objetivos deste curso são os seguintes:
– Desenvolver novas competências transversais e multidisciplinares complementares às da sua formação científica de base, de modo a promover a qualidade e excelência do ensino/aprendizagem e novas estratégias para motivar os Estudantes em ambiente de sala de aula.
– Consolidar os conceitos-chave subjacentes à definição de Nanomaterial e de Nanotecnologia.
– Reconhecer o papel da Física e da Química na fabricação de novos nanomateriais.
– Consciencializar para o impacto dos nanomateriais na Sociedade e no Ambiente, para um futuro sustentável.
– Adquirir conhecimentos e competências práticas sobre preparação, caracterização e avaliação de propriedades dos nanomateriais.
– Enumerar aplicações inovadoras dos nanomateriais na atualidade.
– Fomentar o espírito crítico sobre os aspetos positivos e negativos da Nanotecnologia, realçando as questões de regulamentação, segurança, sustentabilidade e ética.

Saber mais


Contextos laboratoriais de Química no Ensino Secundário: um olhar sobre as metas curriculares

O objetivo desta Ação de Formação centra-se em contribuir para o aumento da capacitação de natureza teórica e experimental dos Professores, visando o desenvolvimento, enquadramento e efetiva exploração pedagógica de diversas atividades laboratoriais, em estreita proximidade com o programa curricular de Ciências Físico-Químicas do 10.º e 11.º anos e do 12.º ano de Química e das respetivas metas curriculares.

Saber mais


Estrutura molecular e ligação química usando software gratuito de visualização

Esta ação de formação pretende contribuir para o aumento da aptidão dos Professores no ensino da temática da “estrutura molecular e ligação química”, recorrendo a software gratuito de visualização. Estas novas competências permitem uma abordagem alternativa do ensino e aprendizagem desta temática, bastante apelativa para os estudantes, em estreita proximidade com o programa curricular de Ciências Físico-Químicas do 10.º e 11.º anos e do 12.º ano de Química e das respetivas metas curriculares.

Saber mais


Cursos à medida

Iniciação às Técnicas de Escrita e Interpretação de Artigos Científicos

Curso destinado a licenciados/mestres em qualquer área do conhecimento que pretendam aperfeiçoar a sua capacidade de escrita, análise e interpretação de artigos científicos e de revisão, artigos de divulgação científica e relatórios técnicos. No final da ação de Formação “Iniciação às Técnicas de Escrita Científica”, os formandos deverão ter atingido os seguintes objetivos de aprendizagem:
– Compreender quais os principais tipos de textos científicos;
– Compreender e aplicar as regras fundamentais da escrita científica, com maior relevância para a clareza e objetividade da linguagem;
– Saber organizar um texto segundo a estrutura de um artigo científico, relatório técnico ou texto de divulgação científica;
– Analisar e interpretar artigos científicos criticamente;
– Saber utilizar convenientemente a citação de literatura científica e organizar listas de referências bibliográficas, recorrendo a ferramentas computacionais;
– Saber utilizar ferramentas computacionais para realizar pesquisas bibliográficas na internet em geral e nas principais bases de dados científicos.

Saber mais


Unidades Curriculares Livres

Métodos de Escrita e Interpretação de Textos Científicos e Técnicos

O curso tem como principal objetivo melhorar a capacidade de escrita e interpretação de textos científicos e técnicos. Tem como objetivos secundários, capacitar os formandos na utilização de ferramentas para estruturar e comunicar dados científicos (preparação de figuras, tabelas, etc.,), para busca e gestão de bibliografia científica e utilização eficaz da linguagem científica e técnica. No final da unidade de formação os formandos deverão ser capazes de:
– Identificar os principais tipos de textos científicos e técnicos e suas semelhanças/diferenças;
– Compreender e aplicar as regras da escrita científica e técnica, com maior relevância para a clareza e objetividade da linguagem;
– Saber organizar um texto segundo a estrutura de um artigo científico, relatório técnico, norma ou texto de divulgação científica;
– Analisar criticamente e interpretar artigos científicos, relatórios técnicos e normas;
– Saber utilizar corretamente a citação de literatura científica e organizar listas de referências bibliográficas, recorrendo a ferramentas e plataformas digitais;
– Saber utilizar ferramentas computacionais para realizar pesquisas bibliográficas na internet em geral e nas principais bases de dados científicos.

Saber mais